sábado, 24 de outubro de 2009

O Poeta e a Morte

Comentário original postado em:
http://gvpoeta.blogspot.com/2009/10/o-ultimo-passo.html
Uma coisa tenho como certa,
Que para todo poeta,
Apesar de cultuar a vida,
Falar da morte é mais fácil,
Ao escrever de quem parte,
Faz poesia da morte.
Olá Carlos, estou treinando para ser poeta. Está vendo aí! e o responsável vai ser você. Um abraço, Armando

2 comentários:

(Carlos Soares) disse...

Obrigado,amigo Armando. Vou até repetir a resposta que dei ao seu comentário sempre simpático no meu blog. Começou muito bem, com essas pequenas estrofes. E não será difícil, pois o principal,já tem, que é a sensibilidade. Um abração

Daniel Savio disse...

Só não use o assunto morte para o tema das tuas poesias...

Fique com Deus, menino Armando Maynard.
Um abraço.