sexta-feira, 27 de março de 2009

A Magia da Sala de Cinema e Sua Telona

Comentário original postado em:
Caro Atílio, olhando as fotos dos antigos cinemas, chama atenção o contraste entre o tamanho das salas para com os das telas. Antigamente as salas eram enormes e as telas pequenas. Hoje é o contrário, as salas são pequenas e as telas são enormes. Tudo isso resultado da evolução tecnológica, fazendo com que o cinema tenha que concorrer com o 'cinema em casa', uma das consequências da diminuição de público nas salas. As outras, foram as várias opções audio visuais, preços dos ingressos, violência nas ruas, falta de educação dos espectadores, com seus celulares de última geração e a comilança, que transformaram as salas de cinemas em verdadeiros "pipocódromos", somados ainda ao exagerado número de filmes de efeitos pirotécnicos. Mas com tudo isso, nada se compara ao prazer e a emoção, de assistir a um filme em uma sala escura de cinema. Por isso, ainda espero poder alcançar um Imax em minha cidade, Aracaju-Se. Um abraço, Armando.
27/03/2009 10:05

Um comentário:

Armando Maynard disse...

Em resposta ao meu comentário, de uma foto publicada em postagem no seu Fotoblog: "Cinemas Antigos do Brasil", o Atilio assim escreveu:
Oi Armando, meu amigo e parceiro, assino em baixo tudo isso que vc diz, realmente hoje em dia as coisas mudaram e muito, por isso que eu sempre digo aos meus filhos que eu tive a sorte de ser de uma geração que ainda pegou um pouco a época das grandes salas, os cinemões de Bairro principlmente...eu gostava de chegar bem cedo no Cinema só para ficar observando as dimensões da sala de projeção, a tela as cortinas vermelhas. Meu Pai tinha um Cinema que se chamava Cine Art, era um Cinema de Bairro e meu Pai para conseguir um dinheiro extra como todo exibidor na época, trocou a enorme cortina verde da tela por uma de lona com propagandas do comercio do Bairro, os cinemas mais do Centro ou os mais sofisticados tinham Projetores de Slides a carvão dentro da cabine que projetavam propagandas na tela antes de começar a sessão, eu e meus irmãos chegavamos bem cedo c/ o meu Pai é claro, e ficavamos lendo todas as propagandas na cortina antes de começar o espetáculo. Bons tempos. Abraço.