quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Filhos - No Conflito Também se Educa

Comentário original postado em:
Caro professor Nelson, vivemos em uma época de "educação frouxa", em que os pais evitam o CONFLITO, achando mais fácil atender os 'emburramentos' dos filhos, perdendo assim a grande oportunidade de educá-los. Daí, faltarem os exemplos de firmeza e autoridade, que muito significariam na formação da "educação de berço" tão necessária para o novo ser enfrentar a vida. Um abraço, Armando.

2 comentários:

fatoseangulosbloginfo disse...

Caro Armando,

Você foi categórico nas suas colocações, não deixou dúvidas sobre a sua opinião. Vejo que concordamos sobre a grande importância do exemplo. Aliás, é através dele que nós, os pais, adquirimos ou perdemos a autoridade moral que necessitamos para a educação de nossos filhos.

Por fim, digo que fui conhecer os seus blogs e gostei muito do trabalho que realizas neles. Entendo que suas matérias, as que você publica em seus blogs, são fontes para reflexões daqueles que buscam conhecimento e auto-aperfeiçoamento.

Um abraço.

Nelson (ProfessorNelsonMS)

Renan Barreto disse...

Armando!!! Há pouco tempo falei disso, da necessidade do não, da bronca quando necessária, do castigo. As pessoas não querem é serem vistas como monstros, mas se os pais não souberem negar o mundo terá. E o não do mundo trará problemas que nem os psicólogos resolverão. Eu tenho 21 anos. Só quero ter filho com 29 ou 30 ou depois rs Porque eu tenho certeza que não estou preparado para arcar com a responsabilidade de educar agora, mas pelo menos tenho em mente que o 'não' de casa não dói, educa. O 'não' da rua é pior. E depois as pessoas reclamam dos limites, se os próprios pais não dos dão em casa. rsrs ]

Valeu, Armando! To indo nessa pra facul. To atrasadão rs Abração! E se quiser dar uma passada lá no
http://renanbarretoonline.blogspot.com/ pra conferir o texto sobre o tio Edir srs sinta-se a vontade.


Abração!