segunda-feira, 1 de junho de 2009

A Luta de Eliane Para Melhorar de Vida

Comentário original postado em:
Armando Maynard disse...
Prezada Verônica, quanto mais informação e conhecimento a Eliane adquire, mais consciência tem de que mora em um país onde a má distribuição de renda é uma das maiores causadoras da injustiça social, que segrega e faz aumentar cada, vez mais, o fosso entre as classes ricas e pobres. Este entendimento a faz se indignar e sofrer ao mesmo tempo, até por não poder mudar muita coisa. Com isso não quero dizer que seria melhor ela continuar sendo alienada e feliz, não, isso é só uma constatação. Mas por se tratar de pessoa lutadora e determinada, só o tempo dirá até onde ela poderá chegar, pois sua conscientização fará dela uma pessoa politizada e conhecedora dos seus direitos. Mas a Eliane é uma privilegiada, primeiro por ser uma pessoa curiosa e inteligente, que busca incessantemente no conhecimento, sua melhoria de vida e depois por trabalhar na casa de uma humanista e solidária, que se preocupa em ajudá-la. A Eliane não passará simplesmente por esta vida, ela já está deixando sua marca, pessoa que vem de um ambiente pobre, que não tem nem com quem conversar quando volta para sua casa, como você mesmo relata, sendo incompreendida em seu meio e tratada como uma pessoa de comportamento estranho, por pensar diferente, o que dá a entender que seu pai e irmãos, sejam conformados com a situação em que vivem, achando que o destino já está traçado e que de nada irá adiantar querer reverter esta situação de vida, pois tudo “foi Deus que quis assim”. Que Eliane continue tendo fé em si, lutando por uma vida melhor, lendo, informando-se, para que tenha cada vez mais conhecimentos, que somados à sua experiência de vida e com ajuda de pessoas como você, possa ficar mais preparada para enfrentar as dificuldades da vida, cheia de surpresas e traições, e que escreva tudo que lhe vier a mente, extravasando assim suas angústias, sofrimentos, como também dando vazão a suas histórias, pois essa catarse um dia poderá lhe render, se não dinheiro, mas satisfação para sua auto estima, deixando seu exemplo para que outros não sejam conformados e resignados, mas que lutem pelos seus sonhos de vida. Como disse Theodore Roosevelt: “É muito melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfos e glórias, mesmo expondo-se a derrota, do que formar fila com os pobres de espírito que nem gozam muito nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta que não conhece vitória nem derrota”. Um abraço, Armando
1 de Junho de 2009 18:15

3 comentários:

Veronica disse...

Armando, que prazer ler seu comentário! Me faz sentir mais leve e saber que estou no caminho certo em relação à Eliane. Finalizando-o com as palavras de T. Roosevelt, fico em paz com minha consciência, sabendo que vale a pena ajudá-la na sua caminhada, para que não viva nessa "penumbra cinzenta que não conhece vitória nem derrota" , mas viva sabendo que luta, que dá vazão ao seu desejo de se expor através de seus textos ,fictícios ou não.
Obrigada!!!

Alencar disse...

Obrigado pelos comentários, visite-me sempre! grande abraço Alencar

Tatiana disse...

Olá amigo
vc nao voltou em meu blog.... adoro o seu por sinl
abraços