quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Faltam Limites Na educação dos Filhos

Comentário original postado em:
Armando Maynard disse...
Os pais não têm mais paciência nem tempo para educar os filhos, ficam esperando que a escola os eduque sozinha. Muitos educam com uma frouxidão que dá pena. Faltam limites e firmeza, não dão muita importância as desobediências praticadas, não usam da palmada providencial e amorosa, que dada na hora certa, é um santo remédio para correção de comportamentos. O castigo, antes tão usado, hoje desperta um sentimento de culpa nos pais, fazendo com que seja esquecido. Com tanta impunidade começando em casa, somado aos péssimos exemplos, os resultados já podem ser visto nas salas de cinema, nos corredores dos Shopping Centers e nas ruas da cidade, pois mesmos antes de completarem dezoito anos, já estão fazendo peripécias e se exibindo nos carros dos pais. Um abraço, Armando

Um comentário:

nobreza disse...

Eu, que sou professor, vejo com muita freqüência ( não me acostumo com a falta do trema!) mães nas escolas ( tanto pública quanto particular) praticamente desistindo dos filhos: "Eu não consigo mais controlar esse menino, tomara que na escola consigam".

Belíssima transferência de responsabilidades.

Quer uma historinha bacana? Aqui em Salvador uma "mãe", empregada doméstica, juntou dinheiro e contratou uma babá para 3 dias de carnaval. Ela vai pular carnaval e vai largar o filho, de uns 3 ou 4 anos, sei lá, com a babá.

Daqui a uns anos, quando o homem largar a mãe num asilo, vai reclamar...

abs!

http://grooeland.blogspot.com